Willian Fernandes

Programador Lento x Produtividade x Cultura

Comente »

Hoje li o post do Rafael Lima e me deu vontade de falar sobre o assunto.

Conheço muita gente, incluindo donos de empresas de desenvolvimento, que confudem Programador Rápido com Qualidade/Produtividade. Além disso, essas pessoas costumam achar que quanto mais “Programadores Rápidos” forem contratados, mais rápidos seus projetos serão entregues, mais felizes seus clientes ficarão e mais projetos poderão desenvolver.

Isto é mentira!

Essas pessoas se esquecem que quanto maior a equipe mais complicado fica o gerenciamento[bb], que quanto mais rápido[bb] um programador for mais bug este código terá. Sim, sim, eu também conheço muita gente boa que programa rápido e entrega código com qualidade, mas vamos concordar que infelizmente essa não é a realidade da grande maioria.

Como o Rafael Lima disse, antes de julgar e comparar um programador rápido com um lento, vamos ver se estão fazendo testes, se estão se preocupando com a qualidade antes de entregar o produto. Prefiro entregar um produto bom com alguns dias de atraso do que entregar na data e falhar quando o cliente for usar.

E por falar em testes, essas mesmas pessoas insistem em deixar “5 horas” no final do projeto para a equipe de QA. Pensam, ou fingem pensar, que isso é o bastante para garantir a qualidade do produto e o sucesso do projeto.

Vejo isso todos os dias e só lamento.

Essas pessoas precisam ler mais sobre Getting Real, Gerenciamento de Projetos Ágeis e Gestão de Pessoas.

Concordo com o Rafael quando ele diz que prefere um programador lento do que o “rapidão da turma”.

2 comentários para "Programador Lento x Produtividade x Cultura"

  1. # Adriano Oliveira disse:
    03/10/2012 às 21:06:08

    Tenho 39 anos. Sou músico. Estou muito interessado em programação. Prestes a começar o quarto semestre de Análise e Desenvolvimento de Sistemas e de terminar um livro de C++. Quero que C++ seja minha primeira linguagem de programação. Penso assim porque na música é assim: você estuda música “profunda” pra depois tocar coisas mais simples. Coisas que as pessoas querem ouvir.
    Não sei exatamente o que fazer pra ganhar grana com isso. O que vc me aconselha? Programar pra web é melhor? Dá ais grana?

  2. 29/10/2012 às 08:02:44

    Adriano, eu sempre desenvolvi para web, nunca trabalhei com outra plataforma que não fosse web.
    Comecei como diversão, e ainda me divirto muito programando. A grana foi consequência ;)

    Se você gostar mesmo de programar, vai se divertir, e com isso virá a grana.

    Sim, aconselho web. Se da mais grana, não sei. Tem horas que acredito que poderia estar ganhando mais, mas web é o que gosto, sou apaixonado por isso. ;)

Deixe um comentário

*

(obrigatório)Não é aceito código HTML: adicione-o no pastie.org e poste apenas o link.