Willian Fernandes

E os Padrões Web?

Comente »

Atualmente estou alocado em um cliente, desenvolvendo um projeto de grande porte. Esse cliente reformulou todo o seu site e estão tendo alguns problemas com as mudanças.

Ontem ouvi uma conversa vindo de uma mesa próxima a minha. Aquela conversa me deixou indignado a ponto de colocar o fone de ouvido, procurar algumas músicas do System of a Down e aumentar o volume do som. Veja um trecho da conversa:

Fulano 1: Cara, você conhece o navegador Safari?
Fulano 2: Sim, é um navegador da Apple.
Fulano 1: Você tem ele instalado aí?
Fulano 2: Aqui não, tenho somente em casa. Por quê?
Fulano 1: Você já acessou o novo site da Nossa Empresa no Safari? Tem alguns clientes ligando aqui dizendo que o site fica todo desformatado no Safari.
Fulano 2: Não, ainda não abri. Mas abri no no Firefox e vi que nele também fica desformatado. O menu vai parar no canto da tela…
Fulano 1: Assim não dá! Não posso fazer uma programação diferente para cada tipo de navegador! O usuário que se vire para acessar o site. Ele que utilize o Internet Explorer para navegar em nosso site. No IE funciona perfeitamente.
Fulano 2: Acho que você terá que fazer um “scriptizinho” para identificar o navegador do usuário e utilizar um JavaScript para cada navegador.

E depois disso a conversa foi piorando cada vez mais… Fazia tempo que eu não ouvia alguém falando um absurdo desses e achava que não ouviria mais.

Para que servem os Padrões Web? E a programação de JavaScript Cross-browser?

Muitas pessoas, assim como eu, ouviram esse diálogo e, na hora do almoço, foi o comentário da mesa…rs Daí comecei a chegar em uma conclusão:
A maioria das pessoas que estavam na mesa tinham aproximadamente 25 anos de idade. Os dois aí da conversa devem ter ultrapassado os 30. Será que isso é problema de pessoa mais velha?
Será que só porque a pessoa é mais velha ela tem o direito de não acompanhar a evolução da Web?

Não é possível. Conheço pessoas com mais de 30 anos que sabem, e sabem muito, os Padrões Web, JavaScript Cross-browser, Acessibilidade, e o quanto é importante tudo isso.

Não sei no que deu o final da história. O fone de ouvido e as pesadas músicas do System of a Down me salvaram de ouvir o resto. Mas acredito que gambiarras virão para que o site funcione pelo menos no Firefox.

4 comentários para "E os Padrões Web?"

  1. # Pedro Rogério disse:
    26/09/2007 às 13:26:21

    Sabe o que é isso aí? Preguiça de fazer um CSS descente que funcione em todos os browsers, o camarada só testa no IE e acha que já está bom, mas fazer o que né? Deixem os preguiçosos pra lá!!!!

  2. # Inside disse:
    28/09/2007 às 12:39:11

    Lamentável, eu também não agüentaria ouvir isso…

    []‘s

  3. # Pedro disse:
    10/10/2007 às 05:01:42

    não acho que os dois seriam mais velhos conforme a colocação, pois programadores mais velhos costumam ter muito mais esperiência do que os mais jovens, conhecem muito mais saidas para as dificudades. Tem mais familiaridade com as raizes, acho que eram novatos e jovens com 6 meses de programação.

  4. # Gabriel A.T disse:
    22/10/2009 às 15:50:55

    Certamente não é questão de idade; um dos grande entusiastas de webstandards que conheço tem 45 anos de idade, enquanto o maior defensor do IE por puro comodismo – assumido pelo mesmo – tem 25.

    Seja como for, coincidentemente, estou agora mesmo refatorando o site da empresa onde trabalho. Sou usuário Linux, mas no trabalho sou obrigado a usar Windows; sou obrigado, igualmente, a desenvolver para o IE e “se funcionar no resto, que legal”. Jamais entreguei um site que não funcionasse perfeitamente ao menos em IE e Firefox, mesmo tendo isso me custado horas a mais para ajustar o IE, que sempre atrapalha.

    É uma questão de preguiça, com certeza: preguiça de aprender, preguiça de atualizar-se, preguiça de escrever a tag “[if IE]“.

    Grande abraço e parabéns pelo ótimo blog!

Deixe um comentário

*

(obrigatório)Não é aceito código HTML: adicione-o no pastie.org e poste apenas o link.