Willian Fernandes

Contrate o Willian Fernandes

Comente »

Como alguns sabem, eu estou trabalhando com a equipe da idopter em um novo produto, o Lancelote. Porém a parceria durou pouco. Com algumas decisões empresariais, o alto custo de manter uma equipe com 5 pessoas para um produto e por ser o membro com menos tempo de casa na equipe chegou a hora de procurar novos desafios.

Como a vida continua, estou disponível para projetos em período integral. Se você tem algum projeto interessante e precisa de um profissional de alto nível em sua equipe, entre em contato através do e-mail/Google Talk maurowil@gmail.com. Aos que puderem encaminhar este post para pessoas que possam ter interesse em ter-me em suas equipes, um muito obrigado.

Outras formas de contato:

PS: O segundo parágrafo é uma cópia descarada que o Nando fez e sem autorização prévia
PS2: O PS1 é uma cópia descarada que o Tino Gomes fez e sem autorização prévia

Programador Lento x Produtividade x Cultura

Comente »

Hoje li o post do Rafael Lima e me deu vontade de falar sobre o assunto.

Conheço muita gente, incluindo donos de empresas de desenvolvimento, que confudem Programador Rápido com Qualidade/Produtividade. Além disso, essas pessoas costumam achar que quanto mais “Programadores Rápidos” forem contratados, mais rápidos seus projetos serão entregues, mais felizes seus clientes ficarão e mais projetos poderão desenvolver.

Isto é mentira!

Essas pessoas se esquecem que quanto maior a equipe mais complicado fica o gerenciamento[bb], que quanto mais rápido[bb] um programador for mais bug este código terá. Sim, sim, eu também conheço muita gente boa que programa rápido e entrega código com qualidade, mas vamos concordar que infelizmente essa não é a realidade da grande maioria.

Como o Rafael Lima disse, antes de julgar e comparar um programador rápido com um lento, vamos ver se estão fazendo testes, se estão se preocupando com a qualidade antes de entregar o produto. Prefiro entregar um produto bom com alguns dias de atraso do que entregar na data e falhar quando o cliente for usar.

E por falar em testes, essas mesmas pessoas insistem em deixar “5 horas” no final do projeto para a equipe de QA. Pensam, ou fingem pensar, que isso é o bastante para garantir a qualidade do produto e o sucesso do projeto.

Vejo isso todos os dias e só lamento.

Essas pessoas precisam ler mais sobre Getting Real, Gerenciamento de Projetos Ágeis e Gestão de Pessoas.

Concordo com o Rafael quando ele diz que prefere um programador lento do que o “rapidão da turma”.

Novos rumos, ou não…

Comente »

2008 foi um ano fenomenal!

Pude participar de um puta time enquanto fiz parte da WebCo, um lugar onde adorei trabalhar. Nesse pouco mais de um ano que estive com eles aprendi muito e me diverti mais ainda. Obrigado galera, vocês são fodas!!!

Assim como o Lucas Húngaro, as mudanças que ocorrem com a WebCo me fizeram repensar meu papel na empresa e resolvi mudar de rumo, respirar novos desafios.

Voltei para a Visie, um lugar bem legal, com gente bacana e com vontade de trabalhar. Mas desta vez estou como Gerente de Desenvolvedores, ajudando o pessoal a implantar coisas bem bacanas, como: Scrum[bb], migrar de Subversion[bb] para Git, Pair Programming[bb], Ruby on Rails[bb], Integração Contínua, Testes[bb].

Está sendo uma experiência legal, muito diferente do que eu estava acostumado até então.

Valeu pessoal da WebCo, vivi bons momentos com vocês, momentos que jamais esquecerei…
(sim, como o Lucas se declarou, fiquei com invejinha e me declarei também) :)