Willian Fernandes

Desabilitando Asset Pipeline no Rails 3.1

Comente »

Se você é como eu e não gostou do assets pipeline que vem habilitado nativamente no rails 3.1, saiba que você pode desabilitá-lo. Para isso, basta editar o arquivo application.rb:

# Enable the asset pipeline
config.assets.enabled = false

Essa notícia não é nova, porém poucos sabem que ao desabilitar este recurso os arquivos controller_name.js e controller_name.css continuam sendo gerados no diretório app/assets/. Veja:

$ rails g controller users
  create  app/controllers/users_controller.rb
  invoke  erb
  create    app/views/users
  invoke  rspec
  create    spec/controllers/users_controller_spec.rb
  invoke  helper
  create    app/helpers/users_helper.rb
  invoke    rspec
  create      spec/helpers/users_helper_spec.rb
  invoke  assets
  invoke    js
  create      app/assets/javascripts/users.js
  invoke    css
  create      app/assets/stylesheets/users.css

Para evitar que isso aconteça basta fazer a configuração abaixo também no arquivo application.rb:

config.generators do |g|
  g.assets false
end

Com isso ao rodar o generator de controller teremos:

$ rails g controller users
  create  app/controllers/users_controller.rb
  invoke  erb
  create    app/views/users
  invoke  rspec
  create    spec/controllers/users_controller_spec.rb
  invoke  helper
  create    app/helpers/users_helper.rb
  invoke    rspec
  create      spec/helpers/users_helper_spec.rb

Fica então a dica.